Buscar
  • Agencia X10

Veja com a Equipe A, 5 dicas para montar uma vitrine de padaria atraente:



A primeira impressão é a que fica. Você já ouviu esse ditado, não é mesmo? Saiba que ele se encaixa perfeitamente na forma como você monta uma vitrine de padaria! Afinal, ela é a porta da entrada do seu comércio e, quando se trata de alimentos, quanto melhor a promoção visual, maiores são as chances de atrair seu consumidor para dentro.

A maneira como os produtos estão dispostos pode fazer toda a diferença nas suas vendas. Por isso, tão importante quanto oferecer produtos de qualidade é organizar a vitrine, de modo que ela chame atenção do cliente e faça com que ele sinta vontade de saborear os doces, tortas, salgados e demais itens alimentícios.


O varejo de alimentos precisa ser apresentável de forma que o público-alvo, por meio de seus sentidos, passe a considerar consumir de você. Tratando-se de padaria, ela precisa ser chamativa e o visual deve reproduzir os mesmos sentimentos que o olfato.

Mas como podemos otimizar a vitrine? Neste post, vamos explicar melhor a importância para o varejo e dar algumas dicas práticas para você montar uma vitrine de padaria atraente e aumentar a clientela. Acompanhe e confira!


Qual a importância da vitrine para o varejo?

Quando entramos no assunto de vitrine para o varejo, estamos falando de algo muito além que apenas um acessório estrutural da loja. É, na verdade, uma grande oportunidade de atrair para seu comércio. Assim, uma padaria pode se beneficiar muito da sua organização.


Mas as vantagens vão muito além de uma simples forma de atração. Vitrines produzidas de forma eficiente têm maiores probabilidades de atingir o público específico. Promoções que realmente valham a pena podem ser expostas e otimizar a conversão dos visitantes.

Uma pesquisa feita pela Veronis Suhler Stevenson, instituto ligado à inteligência de mercado, apontou que a vitrine é responsável por 83% das vendas. Nessa lógica, vemos como um comércio pode ser afetado pela falta da exposição da loja e de seus produtos.

Além disso, para esse determinado segmento, o visual pode ser trabalhado com o olfato. Produtos de padaria, principalmente quando frescos, exalam um cheiro muito atrativo que desperta a atenção dos consumidores. Quando eles passam pela vitrine, a imagem do produto reforça o interesse, aumentando as chances de compra do produto.


Como montar de forma eficiente uma vitrine de padaria?

Existem diversas formas para montar a vitrine de um PDV de maneira a torná-la atrativa e fazer com que ela traduza o brand do comércio.

Para o segmento alimentício, esse conceito não é diferente. Muito pelo contrário, devemos criar uma atmosfera que desperte o interesse no consumo. Lembre-se de que a compra de alimentos é mais impulsiva e, por isso, deve-se investir em diferentes formas de promoção do produto.

Listamos algumas das principais dicas que os empreendedores de panificadoras e padarias podem seguir para otimizar a organização da sua vitrine. Vamos explicar como realizar cada uma delas.


1. Defina um objetivo

O primeiro passo é entender qual o objetivo de montar uma vitrine para seu negócio e como ele será beneficiado com essa prática. Esse entendimento torna mais claro quais são as próximas etapas. Alguns exemplos comuns que tornam o uso da vitrine mais eficaz são: aumentar o giro de produtos com baixa venda, promover produtos novos ou populares e destacar promoções.


Muitas vitrines se tornam ineficientes por falta de cuidado, quando se organiza sua estrutura apenas porque existe um espaço disponível. Por isso, é preciso saber como seu público vai receber uma vitrine bem executada e chamativa. Com um plano de negócio bem desenvolvido, os resultados são mais duradouros e eficazes.


2. Pesquise referências

Busque referências de design antes de decidir como a sua vitrine será montada. Uma simples busca no Google ou em sites de compartilhamento de fotos, como o Instagram e Pinterest, já vai trazer diversas inspirações. Podemos encontrar exemplos que, apesar de bem simples e com pequenas modificações, entregam vitrines altamente atrativas.


Analise vários modelos que causam impacto visual e que podem chamar a atenção e atrair os seus clientes. Sem dúvida, isso será muito útil para estimular a sua criatividade! Então, reinvente a sua decoração, adapte o que você já tem e implemente melhorias. Contar com a ajuda de um especialista no setor pode ser uma excelente opção para não errar na hora de organizar sua vitrine.


3. Conheça as preferências dos clientes

Para cativar o cliente, nada é melhor que conhecer antes o perfil dele e saber do que ele gosta, não é? Entender os gostos do consumidor é um diferencial importante para satisfazê-lo e alcançar o sucesso nas vendas.

Nesse sentido, o ideal é fazer uma pesquisa de campo, recolhendo informações essenciais sobre seu público. É possível fazer isso por meio de um software de CRM ou investindo em um bom relacionamento e contato constante com os consumidores, coletando o máximo de dados possível.


Seja como for, de posse dessas informações você poderá extrair o que necessita para elaborar as melhores estratégias e montar a sua vitrine. A melhor forma de manter seu público fiel ao negócio é garantir que sua experiência de compra seja o melhor momento da jornada.


4. Ofereça produtos diferenciados

Para você se destacar, é importante oferecer produtos diferentes. Isso não significa deixar de oferecer o tradicional, mas ainda é preciso saber inovar e incluir outros itens na sua vitrine. E os seus concorrentes já sabem disso.

Você se lembra de que, alguns anos atrás, as padarias só vendiam pães? As tendências para padarias, no entanto, mudaram. Além dos pães, você pode investir em bolos, doces, frios, bebidas, biscoitos, etc. Para tornar os resultados ainda melhores, embale os produtos de forma atrativa e que desperte o desejo de consumo.


Essa diversidade de opções ajuda a aumentar a clientela, uma vez que todos saberão que podem encontrar vários itens no mesmo local. Então, diversifique a sua oferta e invista em novos atrativos! Isso é fundamental para que a padaria seja um sucesso.


5. Preste atenção em cores e iluminação

Uma vitrine não pode ser construída de qualquer forma. Para a psicologia da publicidade, a harmonia da composição visual de um PDV tem total relação com suas vendas. Por exemplo, se sua padaria utiliza cores claras e próximas às de seus produtos, não faz sentido ter uma vitrine escura ou com cores escuras.

Esse contexto tem um significado muito claro para o varejo. As cores e iluminação associam o produto. Dependendo da forma como as cores dos seus produtos são expostas, elas podem traduzir até mesmo o cheiro da sua loja, convidando o cliente a entrar e consumir. Para isso, novamente, a recomendação é entender o seu público-alvo e o comportamento dele.


Qual o melhor tipo de vitrine para minha padaria?

Existem diversos tipos de vitrines no mercado que podem ser utilizados em uma padaria. A escolha do tipo mais adequado, no entanto, vai depender muito dos produtos vendidos e dos objetivos esperados para cada um deles. As vitrines refrigeradas, por exemplo, são voltadas para alimentos que precisam ser mantidos em baixas temperaturas e que, ao mesmo tempo, sejam atrativos para o público, como doces, bolos e frios.

Na mesma proporção, existem as vitrines aquecidas, que, como próprio nome já diz, servem para manter alimentos quentes. Já as vitrines neutras são para produtos que não precisam de conservação específica, como pães e salgados.


Como vimos, uma vitrine de padaria bem cuidada é o cartão de visitas do estabelecimento. Então, se você quer melhorar o desempenho do seu negócio, foque no seu público e conquiste-o não só pelo paladar, mas também pela visão! Afinal, no varejo existem várias formas para alcançarmos nosso público-alvo. Seguindo essas dicas, o trabalho fica muito mais simples!


Entra em contato conosco e venha conhecer nossos produtos:


www.equipearefrigeracao.com.br


Fonte: Massamadre

2 visualizações0 comentário