Buscar
  • Agencia X10

Conheça a importância da refrigeração para a saúde da população, veja com a Equipe A


O Dia Nacional da Saúde é comemorado no dia 5 de agosto para marcar o aniversário do médico sanitarista Oswaldo Cruz. Desde o começo da pandemia do novo coronavírus, se falou muito da importância da manutenção das baixas temperaturas das vacinas. Mas você já pensou no papel fundamental da refrigeração para a saúde da população em outras áreas do nosso dia a dia?

Veja alguns exemplos:

Refrigeração em ambiente hospitalar

Um ambiente hospitalar saudável depende de uma refrigeração de qualidade. O ar resfriado (entre 20 °C e 24 °C) ajuda na prevenção de infecções, principalmente bacterianas (já que esses microorganismos se multiplicam mais quando a temperatura e a umidade estão altas).

Além disso, a refrigeração é fundamental para o armazenamento correto de alimentos, medicamentos e também para a conservação do banco de sangue. Tais produtos podem ser armazenados em câmaras frias em que se utilizam evaporadores de baixo perfil.

Assim, fica claro que a qualidade desses equipamentos é importantíssima para que não ocorram falhas, causando prejuízos e transtornos. Já imaginou uma pane em algum aparelho e o hospital perder seu estoque de comida, remédio e sangue para transfusão?

Na indústria alimentícia

A refrigeração também é fundamental para produção, transporte e armazenagem de alimentos. O controle da temperatura em todas as etapas do processo aumenta o tempo de conservação desses produtos, além de evitar sua contaminação por agentes infecciosos que prejudicam a saúde da população.

O frio impede a reprodução de microrganismos patogênicos, que causam intoxicação ou infecção alimentar. Você sabe a diferença entre essas doenças? A intoxicação é causada pelas toxinas que o microrganismo produz. Já a infecção é resultado do crescimento do microrganismo no trato intestinal.

Uma das estratégias para prevenir essas doenças é preservar a integridade dos alimentos. Essa é a razão pela qual há tantas regras e referências normativas para a indústria alimentícia. E também um dos motivos que faz a Deltafrio acreditar tanto na segurança alimentar através de refrigeração inteligente.

Além de preservar a saúde, a refrigeração correta dos alimentos evita perdas de estoque, reduz custos, otimiza o consumo de energia e garante a qualidade do produto que chega à mesa do cliente final. Dessa maneira, a temperatura correta deve ser mantida em toda a cadeia do frio.

No transporte de alimentos

Pouco adianta ter um ambiente propício para a conservação dos alimentos no local onde eles foram fabricados e no local onde serão vendidos ao consumidor final se não existe o transporte apropriado entre os dois lugares.

O transporte de perecíveis também precisa seguir uma série de normas para conservar as características orgânicas dos produtos. A média de temperatura de alimentos que precisam ser resfriados varia entre 4 °C e 7 °C e, para os que necessitam congelamento, entre -18 °C e -15 °C.

Nos supermercados

Somando mais de 90 mil lojas no setor, os supermercados são as principais fontes de alimentos para os brasileiros (sejam as compras feitas presencialmente ou online). Uma das razões é porque estes estabelecimentos reúnem comidas de diversos setores produtivos, como frigoríficos, laticínios e farináceos. Um dos grandes desafios dos supermercadistas é ter de armazenar todos esses produtos, já que cada um deles tem uma necessidade específica de resfriamento ou congelamento.

Isso faz com que um dos maiores pesadelos destes empresários seja a redução de shelf life (vida de prateleira) dos produtos por falha na refrigeração. Pensando nisso, a Deltafrio oferece soluções como condensadores evaporativos a ar remoto, evaporadores de média e baixa vazão para câmara fria e evaporadores de duplo fluxo de ar para sala de processo.

Prevenção de riscos legais

A refrigeração adequada pode, inclusive, proteger o negócio de ações judiciais. O Código de Defesa do Consumidor (CDC) dá direito aos clientes processarem vendedores, distribuidores e fabricantes por danos morais caso tenham ingerido, ou simplesmente sido expostos, a produtos impróprios para o consumo.

Segundo o CDC, estes são “I - os produtos cujos prazos de validade estejam vencidos; II - os produtos deteriorados, alterados, adulterados, avariados, falsificados, corrompidos, fraudados, nocivos à vida ou à saúde, perigosos ou, ainda, aqueles em desacordo com as normas regulamentares de fabricação, distribuição ou apresentação; III - os produtos que, por qualquer motivo, se revelem inadequados ao fim a que se destinam.”. Caso a pessoa tenha prejuízos em função da ingestão de produtos impróprios (como impossibilidade de trabalhar e despesas médicas), ela também pode incluir danos materiais no processo.

Importância da refrigeração para a saúde das pessoas

Como você pôde perceber, a importância da refrigeração para a saúde das pessoas é enorme. Aqui na Deltafrio, sempre trabalhamos com isso em mente. Por isso, fabricamos evaporadores e condensadores confiáveis para salas de processamento, túneis de congelamento e câmaras frias. Quer conhecer melhor os nossos produtos? Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato!


Fonte: Deltafrio

1 visualização0 comentário