Buscar
  • Agencia X10

Câmara Fria para Cerveja. Veja com a Equipe A:




O Brasil que é um dos países com maior consumo de cerveja mundial, produz e exporta o líquido também para diversos países. Ela pode ser extraída de grãos como cevada, lúpulo, entre outros. Após o processo de fermentação é necessário que a cerveja seja conservada de imediato para não perder suas propriedades e características que definem qualidade, até que seja transportada para os barris. E uma aliada indispensável para os fabricantes de cerveja é a nossa amiga: a câmara fria para cervejas! Quer conhecer mais sobre este tipo de câmara? Acompanhe nosso post:


Principais Características

A Câmara Fria para cervejeiras está presente nas principais fabricantes de cerveja do mundo, desde o processo de fabricação, até no sistema de transporte e comercialização. A temperatura ideal sugerida para que o produto não azede ou perca suas propriedades é de 4°C. Quando a cerveja já está no barril (que costuma ser metálico com parede dupla ou de madeira) é sugerido o armazenamento entre 4°C e 7°C.


Outras Aplicações

A Câmara fria para cerveja não está presente somente no momento da fabricação. Em caso de bares, cachaçarias ou até restaurantes, as cervejas costumas ficar armazenadas em sistemas de refrigeração ou câmaras frigoríficas, onde possui uma ligação para extração do líquido direto da câmara, através de mangueiras ou canos de aço. Além disso, as cervejeiras permitem que a vida útil da cerveja seja estendida significativamente. No caso de Supermercados, as cervejas são armazenadas em freezers ou geladeiras, porém em grandes estabelecimentos, o ideal é também o armazenamento do líquido em câmaras frias para cerveja.


Quando a cerveja está armazenada em caixas, a sugestão é que a temperatura de entrada seja 25°C e a temperatura final de 2°C enquanto com os barris de chopp a sugestão é de 12°C na temperatura de entrada e 2°C.


Fonte: Multi Frio

0 visualização0 comentário